Com 10 resultados positivos, Raposa está empatada com o Coritiba e atrás apenas do Londrina


A falta de vitórias do Cruzeiro, que acumula atualmente oito jogos sem triunfo, não é de hoje, pois isso vem se arrastando em 2023. Número que deixa essa deficiência clara é o fato de ser o segundo clube com menos resultados positivos no ano, contando os 40 participantes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro.


Até aqui, foram apenas 10 vitórias em 36 duelos, entre Campeonato Mineiro, Brasileirão e Copa do Brasil. Na primeira divisão, o Coritiba, lanterna, também atingiu essa quantidade; pior que eles apenas o Londrina, vice-lanterna da segunda divisão, que ganhou apenas sete jogos no ano.


Neste Campeonato Brasileiro, o time mineiro se sobressaiu ao adversário apenas seis vezes: contra Grêmio, Red Bull Bragantino (com quem empatou pelo returno nesse domingo), Santos, América, São Paulo e Vasco. Nas outras rodadas, empatou oito e perdeu outras oito.


No mata-mata nacional, de quatro partidas, venceu apenas o Náutico, pela volta da terceira fase – na ida, perdeu; contra o Grêmio, pelas oitavas de final, empatou em Porto Alegre e foi superado em Belo Horizonte. Já no estadual, venceu, ainda na fase classificatória, apenas Patrocinense, Villa Nova e Caldense.

Claro, entre os clubes da Série A, o Cruzeiro é um dos que não disputou competições internacionais, ou seja, jogou menos vezes – mas, mesmo assim, os números assustam. O próximo compromisso será contra o Santos, equipe que está na zona de rebaixamento. O jogo está marcado para o dia 14 de setembro, quinta-feira, às 19h, na Vila Belmiro.


Fonte: O Tempo